sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

O risco da boa forma



O início de um novo ano sempre revela a vontade das pessoas em melhorar suas formas físicas até mesmo para aproveitar o verão numa praia, clube ou parque ao ar livre esbanjando saúde ou então simplesmente para eliminar os inconvenientes quilinhos extras desejando somente quererem se sentir saudáveis. Até esse ponto é algo comum e de bem estar no entanto o problema aparece quando extrapola o limite do bom senso.

Num relato particular posso dizer que devido o peso adquirido, principalmente no decorrer de 2012, no qual cheguei a estar pesando 86 kg (11 kg acima do recomendado já que tenho 1,73 cm) tive de ir a dois médicos, um endocrinologista e o outro nutricionista, que relataram o obvio, estava aproximando de um estágio perigoso para minha saúde. Após uma longa série de exames que envolveu entre elas sanguíneo, cardiológico e físico foi então passado uma rigorosa dieta proporcional e de acordo necessidades ao meu organismo e assim, desdo o início do regime, já perdi cerca de 6 kg em duas semanas.

Não quero ao referir dos processos por qual tive de passar ostentar congratulações, mas mostrar as diversas etapas que se precisa ter para começar algo do tipo e não simplesmente ficar caçando dietas malucas em revistas ou internet da qual muitas não passam de pura estupidez de pessoas despreparadas, sem conhecimento de causa que se baseiam no achismo, isso pode proporcionar malefícios, como a exemplo ficar três dias comendo somente frutas durante as refeições ou ainda podendo ser pior:

Não dá para levar a sério esse tipo de sugestão, pelo menos imagino eu, regime não é receita de bolo, uma fórmula não serve para todo mundo, lembrando que cada pessoa representa uma espécie de organismo diferente e como tal possui suas particularidades que deve ser levado em consideração. Tomando novamente a mim como exemplo, tenho histórico familiar de doenças envolvendo coração além de ser portador da hemiparesia, característica que faz meu lado direito ser menos desenvolvido do que o esquerdo, similar a quem teve um derrame parcial, ou seja, necessitando de cuidados específicos.

Além da dieta é sempre válido ressaltar a importância do trabalho físico acompanhado por um profissional da área até porque nada adianta querer emagrecer sem preparar o corpo para tal coisa. No meu caso estou caminhando num parque próximo minha residência, durante uma semana percorri diariamente 5 km, na seguinte 8 km e assim será por diante, dentro das limitações, mas reforçando estar caminhando e não correndo, até chegar essa fase primeiro meu organismo tem de ser acostumar com o ritmo e ver se isso poderá não prejudicar.

O corpo em si não é um brinquedo, deve sempre ser repeitado. Enquanto pessoas podem colocar sua própria saúde e as das outras também em risco por gostarem de fingir ter conhecimento numa área delicada, expondo ideias e fórmulas errôneas em sites, blogs, revistas e até mesmo através do contato boca a boca deve a todo custo lembrar que está tratando de uma vida. O ideal é buscar ajuda de pessoas formadas, experientes e que saiba o que esteja fazendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O pensamento é o ensaio da ação." (Sigmund Freud)
Pode também entrar em contato através do e-mail allanlemos@hotmail.com